Comunicação

Estamos no mês de novembro…

Publicado em : 29/11/2019

Estamos no mês de novembro…

Por: Gyselle Bessa *

________________________________________________________________________

Estamos no mês de novembro… E o cheirinho de despedida está no ar… O fim de ano representa muito crescimento! Crianças deixando mais evidentes suas vozes, seus desenhos, suas primeiras escritas… Umas já nem precisam mais de auxílio para escrever um bilhete, outras continuam pegando no lápis de um jeito bem particular; tem criança pulando corda de olhos fechados, recontando histórias melhor do que a prô e outras superando a timidez para subir ao palco e ajudar o grupo na apresentação… Quanto esforço, quantas conexões, relações e processos para essas descobertas!

É... Estamos no final do ano, tempo de despedidas, de saudade… São quase 200 dias de presença, de afeto, de atenção, de aprendizagens mútuas. Quantos dias bem vividos! E quantos desafios também foram enfrentados neste espaço coletivo. Em 5 horas diárias, muitas emoções compõem nossa rotina, nos fazendo viver intensamente as relações que a escola nos proporciona.

Já é quase dezembro e as crianças continuam a se encantar com os coelhos e o pato, com os aviões que passam pelo céu, com as carambolas e mangas que caem no parque, com a gargalhada do outro, com o barulho do trovão que assusta... Para elas, sempre é tempo de brincar, descobrir, construir e se relacionar. Para nós, adultos/educadores, é tempo de acompanhar, escutar, acolher e estimular. Além de todos os outros desafios, para nós também é tempo de nos maravilharmos com a riqueza do mundo infantil e estudantil!

Sejamos, então, leves como as crianças, para que, como elas, possamos nos encantar com cada dia, com cada gesto, com o fim de um ano que traz o início de outro… Que sejamos como elas, francas, leais, simples… Que a vivacidade infantil nos contamine, nos abarque, nos inspire!

Que depois de novembro venha dezembro, janeiro, 2020 e muitos outros anos juntos, de descobertas, desafios, afetos, parcerias e os melhores sentimentos entre nós! Um ótimo fim de ano para nossa Comunidade Interamérica!

 

*Reflexão escrita por Gyselle Bessa para abertura das apresentações de fim de ano da Educação Infantil.

(Inspirada no texto "Novembro", de Siméia Goularte)


A escola e o desenvolvimento de todos nós

A escola e o desenvolvimento de todos nós

 29/11/2019

O momento de olhar para o que passou e contemplar o que foi feito no período conhecido como 2019 chegou. Neste momento, cabe a nós a tarefa de limpar nossos olhos para podermos observar com clareza nossas conquistas.


Feira Cultural 2019

Feira Cultural 2019

 22/11/2019

Amanhã, dia 23 de novembro, acontecerá mais uma Feira Cultural da Escola Interamérica na Unidade II. Será uma excelente oportunidade para conhecer projetos desenvolvidos ao longo do ano frutos da parceria de toda a nossa comunidade escolar. Será ainda possível vivenciar e apreender saberes construídos através de muito estudo, pesquisas, apresentações, experiências, muita mão na massa e, enfim, dedicação e colaboração.


Como desenvolver bons hábitos de comunicação entre pais e filhos?

Como desenvolver bons hábitos de comunicação entre pais e filhos?

 08/11/2019

Uma comunicação saudável e positiva entre pais e filhos tem influência, por exemplo, na educação, tornando mais fácil para estes compreender e refletir sobre o que lhes é transmitido, em vez de focar em ordens e obediência.
Além disso, a relação e a convivência da família também se tornam mais tranquilas, agradáveis e enriquecedoras, o que favorece o bem-estar de todos.
Pensando nesses pontos, podemos nos perguntar: como praticar uma comunicação saudável em família e criar hábitos para favorecê-la no dia a dia?


Mãe, brinca comigo?

Mãe, brinca comigo?

 01/11/2019

Muitos pais se queixam de que, com a carga de trabalho que têm, quando chegam a casa à noitinha tudo que querem é descanso…


Pontualidade: como ensiná-la aos filhos?

Pontualidade: como ensiná-la aos filhos?

 01/11/2019

Entenda desta forma: seus filhos jamais aprenderão a importância de ser pontual se não vivenciarem esse comportamento em casa.

A teoria é muito bonita e necessária, mas se as crianças percebem que os familiares são indulgentes consigo mesmos em relação ao horário, é provável que reproduzam essa atitude quando adultos.


Relacionamento abusivo entre crianças

Relacionamento abusivo entre crianças

 18/10/2019

De uma mãe preocupada: “Percebo que minha filha de oito anos está estressada com uma amiga da escola que não a deixa em paz: não quer que ela converse com outras meninas, liga várias vezes por dia, ameaça de acabar com a amizade se ela lhe desobedecer. Minha filha gosta dessa menina, mas não gosto de vê-la se submetendo a essas exigências. Não sei bem o que fazer, dá vontade de interferir, mas não sei como”.


Juventude e maturidade

Juventude e maturidade

 18/10/2019

Ser jovem deixou de ser uma etapa da vida para se transformar em um estilo de viver. Isso significa que, quando a criança entra na adolescência, ela passa a se relacionar com adultos iguais a ela, ou seja, tão jovens quanto ela. Na questão educativa, esse é um fato complicador. A adolescência é o tempo de amadurecer, mas, se os pais não ajudarem o filho a entrar na maturidade, ele continuará a agir de modo infantilizado.


Como são os “novos valores” no mundo atual?

Como são os “novos valores” no mundo atual?

 11/10/2019

Faço uma singela reflexão sobre o quão importante é a educação para os sentimentos nos dias atuais. Na escola, ouvimos com frequência pessoas com dúvidas inerentes aos “novos valores” no mundo atual. Ao que se parece...


O poder transformador da Educação

O poder transformador da Educação

 11/10/2019

Em cada um de nós existe muito dos vários educadores que por nós passaram. Os aprendizados vão muito além dos conteúdos atribuídos a uma grade curricular. Os conhecimentos e vivências são de uma relevância que carregamos para a vida. Vão desde um olhar empático de um professor, a firmeza do outro, mas que fez a diferença ao acreditar no seu potencial quando nem às vezes você mesmo acreditava.


Aprender com os filhos é possível? Veja como acontece essa troca

Aprender com os filhos é possível? Veja como acontece essa troca

 04/10/2019

Os pais preocupam-se com a aprendizagem cognitiva, cultural e socioemocional dos seus filhos, buscando meios para favorecer o seu desenvolvimento. Contudo, em razão de suas diversas responsabilidades cotidianas e do foco que mantêm na família, os pais acabam não percebendo que podem aprender com os filhos.